Gabriela Teixeira Ugeda

Enfermeira, graduada pela Faculdade de Ciências Médicas Santa Casa de São Paulo.
Entusiasta da humanização e da gestão dos processos do cuidar, apaixonada pela ideologia do SUS.
O portal cura a minha alma inquiete e permite a continua construção da aprendiz em mim.

Entenda os principais aspectos do Equilíbrio Hidroeletrolítico

Entenda os principais aspectos do Equilíbrio Hidroeletrolítico

4 minutos Representa a maior composição do nosso organismo Desempenha um papel fundamental no metabolismo Corresponde em média a 60% do peso corporal no homem adulto com idade entre 18 e 40 anos Varia de acordo com sexo, idade e biótipo. Já sabem do que estamos falando, não é? A ÁGUA está diretamente relacionada com toda a funcionalidade do organismo! E daí a importância do nosso assunto de hoje, o equilíbrio hidroeletrolítico. A proporção de água na constituição dos diferentes órgãos e tecidos varia Continue lendo

Distúrbios do Magnésio e do Fósforo

Distúrbios do Magnésio e do Fósforo

7 minutos DISTÚRBIOS DO MAGNÉSIO: HIPOMAGNESEMIA E HIPERMAGNESEMIA A maior parte do magnésio do nosso corpo está dentro das células. Esse íon é essencial para funções enzimáticas importantes e estabilização das membranas e condução nervosa. Produz um efeito sedativo na junção neuromuscular por inibir a liberação de acetilcolina. Sendo assim, as alterações nos níveis de magnésio afetam a irritabilidade neuromuscular e a contratilidade. Atua também no sistema vascular promovendo vasodilatação. Também é essencial para o transporte iônico e atividade dos canais de cálcio Os níveis Continue lendo

Distúrbios do cálcio: Hipocalcemia e Hipercalcemia

Distúrbios do cálcio: Hipocalcemia e Hipercalcemia

7 minutos Como sabemos, o Cálcio  é o principal componente dos ossos e dos dentes. Cerca de 99% do cálcio está concentrado no sistema esquelético. As principais funções do Cálcio no nosso organismo são: Transmissão dos impulsos nervosos Regulação da contração e relaxamento muscular (inclusive pulmonar e cardíaco) Ativação de muitas reações químicas essenciais no organismo Participação na cascata de coagulação sanguínea Como podemos ver esse íon relaciona-se com diversos sistemas e funções do nosso organismo. E por isso, seu equilíbrio é tão importante Continue lendo

Desequilíbrios do Potássio: Hipocalemia/hipopotassemia e Hipercalemia/hiperpotassemia

Desequilíbrios do Potássio: Hipocalemia/hipopotassemia e Hipercalemia/hiperpotassemia

11 minutos Você sabia que os distúrbios do Potássio geralmente são os grandes causadores de cãibras? Um sintoma aparentemente simples, não é? Pois é, os distúrbios do Potássio podem ocasionar desde cãibra até alterações cardíacas importantes! Podem estar associados a condições crônicas como Insuficiência Renal Crônica ou a condições agudas como distúrbios gastrintestinais, como vômitos e diarreia, e por isso, são comumente desenvolvidos durante internações hospitalares. Devido a relevância e frequência desse assunto, preparei com carinho esse artigo pra vocês, espero que gostem 🙂 Obs. Continue lendo

Desequilíbrios do Sódio: Hiponatremia e Hipernatremia

Desequilíbrios do Sódio: Hiponatremia e Hipernatremia

6 minutos Para falar dos distúrbios do sódio precisamos partir de três premissas: O sódio é o íon mais importante do espaço extracelular! É necessário para contração celular e para a transmissão de impulsos nervosos  Possui potencial osmótico, o que significa que o sódio “atrai” a água, e dessa forma, a manutenção do volume do líquido extracelular depende da concentração de sódio Existe uma estreita relação entre a água e o sódio, de tal modo que os distúrbios desses dois elementos não devem ser Continue lendo

14 atividades privativas do enfermeiro

14 atividades privativas do enfermeiro

21 minutos É imprescindível que os profissionais de enfermagem saibam quais são suas atribuições, de acordo com a categoria profissional. Para os enfermeiros é imprescindível o conhecimento para que não delegue uma atividade que lhe é privativa e aos auxiliares e técnicos de enfermagem, para que não aceite realizar uma atividade que não é de sua competência, uma vez que ambas as situações podem levar a processos ético-legais. Preparei esse artigo para vocês, porque além de ser comum no nosso cotidiano, é também muito Continue lendo

Gerenciamento em enfermagem: administrar também é cuidar!

Gerenciamento em enfermagem: administrar também é cuidar!

6 minutos “A enfermagem está cada dia mais burocrática. Vocês passam o tempo todo no papel” Ouvi isso esses dias e fiquei incomodada, mas me instigou uma série de reflexões. Vamos lá, dedico cerca de 10 minutos fazendo a escala de funcionários. Esse papel guia todo o plantão da equipe de enfermagem, é o que organiza quais pacientes o técnico ou auxiliar de enfermagem será responsável, garantindo que todos os pacientes sejam assistidos, e para que um membro da equipe não fique sobrecarregado em Continue lendo

Não seja um enfermeiro robô!

Não seja um enfermeiro robô!

6 minutos Pessoal o artigo de hoje é sobre: Olhar e não ver e escutar e não ouvir Não tenho a intenção aqui de fazer um desabafo, mas sim de parar pra pensar na enfermeira que eu estou construindo. E convido vocês a pensarem comigo em quais características NÓS agregamos  para nossa profissão. Começa assim: Pega plantão, atende centro cirúrgico, encaminha pacientes, resolve pendências, atende a demanda, libera prescrição. “Ai caramba”, corre, intercorrência! Corre pra resolver o que ficou depois da intercorrência. Passa visita, orienta equipe, atende Continue lendo

Hipertensão no contexto hospitalar: cuidados de enfermagem

Hipertensão no contexto hospitalar: cuidados de enfermagem

6 minutos Pode-se dizer que a Hipertensão Arterial Sistêmica é uma constante no contexto hospitalar. Em pronto atendimento, crises hipertensivas são recorrentes. Nas unidades de internação, esta é sem dúvida uma das comorbidades mais presentes. O pico hipertensivo é usualmente assintomático, mas deve ser preocupante, pois apesar de não haver manifestações, a pressão alta pode ocasionar lesões irreversíveis aos órgãos alvos e levar a complicações durante a internação, tais como ocorrência de Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) ou Acidente Vascular Encefálico (AVE). Por isso Continue lendo

Tudo sobre CHOQUE em 8 minutos!

Tudo sobre CHOQUE em 8 minutos!

8 minutos IDENTIFICAR, AGIR E AVALIAR A sobrevida do paciente em Choque depende do elo entre esses três fatores: identificar, agir rapidamente e avaliar a resposta! E é o embasamento cientifico o responsável pela coesão, que neste ponto que estamos discutindo, o choque, representa a tênue linha entre a vida e a morte do paciente. Por isso, nós do Enfermeiro Aprendiz  vamos recordar com você os principais conceitos sobre o  CHOQUE. Aqui você vai ler sobre: Definição e fisiopatologia: entendo o que acontece com Continue lendo